sexta-feira, 4 de maio de 2018

Ainda é um grave problema no Brasil


Diversidade nas empresas
Data: 30/04/2018

Foi-se o tempo em que uma organização no momento da seleção dos candidatos a uma vaga tinha preferência por pessoas que fossem parecidas ou que, partilhassem da mesma filosofia de vida. Hoje a diversidade cultural é fundamental e dela pode mesmo depender o sucesso de uma empresa.

Foto: enviado para o Portal Geledés

Ter uma força de trabalho multicultural é a melhor solução que qualquer empresa pode adotar. Para além de ser eticamente correto, é uma solução que só traz vantagens. Dá-se igual oportunidade a qualquer pessoa sem a prejudicar por ela ter uma cultura, religião, etnia ou filosofia de vidas diferentes.

Nos dias atuais, para manter a competitividade, a empresa precisa atrair e reter talentos de um amplo espectro de grupos de idade, gêneros, culturas e etnias.

Hoje, a falta de diversidade é um problema para uma empresa e demonstra que ela pode não atuar da maneira mais efetiva no mercado. Diversidade tem a ver com qualidade, produtividade e sucesso.

Apostar em diversidade é apostar em enriquecimento cultural para a empresa. Pessoas com diferentes origens, crenças, etnias, classes sociais, entre outros, quando parte de um mesmo propósito, podem compartilhar idéias e visões tão diferentes – e ricas – e encontrar soluções que não seriam possíveis se todos tivessem vivências parecidas.

A McKinsey, consultoria empresarial americana realizou um estudo e constatou que organizações que consideram a diversidade no recrutamento entregam resultados 25% melhores do que organizações “não-diversas”.

Mas não é tarefa fácil, exige disposição da organização para revisão de crenças, abertura a novos aprendizados, desenvolvimento da empatia e também alguma resiliência. Mas o fato é que os resultados compensam e excedem a dimensão do ambiente de trabalho. Mais criatividade, clima inclusivo e diminuição de rotatividade, segundo estudos.

Colaboradores mais satisfeitos com seus empregos e mais dispostos a transmitir mensagens de respeito às diferenças, fazem com que os conflitos, que muitas vezes atrapalham a produtividade e a eficiência, sejam menos freqüentes.

Nas empresas onde a diversidade é reconhecida e praticada, a existência de conflitos chega a ser 50% menor que nas demais organizações.

Empresas que investem na diversidade melhoram o dialogo com diversos públicos, passam por crises de uma maneira melhor. O ambiente mais diverso é mais rico em idéias e soluções.

Conferindo os números dá para entender como o Brasil ainda convive com o preconceito no ambiente de trabalho.

De acordo com o IBGE, em 2016 negros ou pardos representavam 54,9% dos brasileiros. Apesar de serem mais da metade da população do País, apenas 4,7% estão no quadro executivo das empresas.

O estudo Diversity Matters, da consultoria McKinsey, aponta que equipes compostas por pessoas de diferentes nichos têm desempenho melhor do que a indústria em geral. Empresas com diversidade de gênero são 15% mais propensas a terem desempenho superior. E outras com diversidade étnica têm tendência de 35% de melhor desempenho.

Investir em diversidade dentro do ambiente de trabalho é mostrar uma gestão visionária, que aposta em modernização, políticas de inclusão e na constante busca por melhores resultados. Um local em que há pessoas diferentes e que se respeitem diminui conflitos e pode aumentar a produtividade.